Candidatos ao governo de Rondônia assinam pacto contra fake new

Todos os sete candidatos assinaram o termo de compromisso em defesa da democracia nas eleições de 2022,

Candidatos ao governo de Rondônia na OAB (Divulgação)

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Rondônia (OAB/RO) realizou, na noite desta terça-feira (16), o ato público de lançamento do Observatório das Eleições e de assinatura do “Pacto em Defesa da Democracia e Combate a Desinformação nas Eleições 2022”. 

O evento contou com a presença dos sete candidatos ao governo do estado (em ordem de sorteio): Daniel Pereira (Solidariedade); Pimenta de Rondônia (PSOL); Marcos Rogério (PL); Marcos Rocha (União Brasil); Comendador Valclei Queiroz (AGIR); Léo Moraes (Podemos); Ivo Cassol (PP). O Ato cívico já é uma tradição da Seccional durante o pleito eleitoral.

Márcio Nogueira, presidente da OAB de Rondônia disse que o manifesto à favor da democracia é uma pauta da instituição.  

“Ordem não defende candidato A ou candidato B. A Ordem não defende partido A ou partido B. A Ordem não defende governos. A nossa luta incansável é pela Democracia e por isso, recentemente, o presidente nacional propôs um manifesto a todos os presidentes de seccionais, em que nos dirigimos à Nação Brasileira, colocando a Ordem nesse papel dela, de defender a Democracia”.

Durante o evento, cada candidato teve direito a cinco minutos para se apresentar e falar brevemente sobre o Pacto e suas principais propostas. Ao final, todos os sete candidatos assinaram o termo de compromisso. A ordem de fala e de assinatura foi definida em sorteio realizado, previamente, na sede da OAB-RO, com representantes de cada candidato.

O QUE OS CANDIDATOS FALARAM - O candidato ao governo pelo Partido Liberal, Marco Rogério, disse que a preservação dos direitos dos cidadãos sempre foi uma preocupação no seu mandato na Câmara dos Deputados e no Senado Federal. 

“Quando você tem desinformação, você tem manipulação de informações não verídicas. Você tem o desvio de foco. Você tem o resultado final que pode ser fruto dessa manipulação e aí há uma quebra desse pacto maior com a defesa da democracia”, disse.

Candidato à reeleição, Marcos Rocha (UB),  “O Pacto em Defesa da Democracia e Combate à Desinformação é importante em todo o País e temos a convicção de uma administração transparente”, conceituou.

O candidato ao governo Léo Moraes, que é deputado estadual, deixou claro que para ele, o acontecimento não se tratava de evento protocolar. “Ao assinar o pacto, eu assumirei um compromisso que vou levar durante toda minha campanha”, afirmou.

"Me senti honrado em participar pois são pautas que sempre defendemos e julgamos essenciais para a garantia de um Estado mais justo, solidário e inclusivo", comentou Daniel Pereira, candidato ao governo pelo Solidariedade.

Ivo Cassol (PP) falou que "é vitima de notícias falsas, mas eu combato" e disse que o evento da OAB era importante para a sociedade e as eleições. 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Formulário de contato