Perda de floresta no Cerrado cresceu 20% em 2022, segundo Ipam

No último mês da gestão de Jair Bolsonaro, houve um avanço de desmatamento ainda maior, registrando um crescimento de 89%.

“A vegetação do Cerrado é caracterizada por árvores com troncos tortuosos, arbustos e gramíneas. (Foto: Reprodução)

O desmatamento teve grande avanço no ano de 2022, no cerrado ele teve um aumento de 20% em comparação com o ano anterior, segundo dados divulgados pelo Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (Ipam). As informações são do levantamento do o Sistema de Alerta de Desmatamento do Cerrado (SAD Cerrado), uma ferramenta desenvolvida em parceria com Ipam, rede MapBiomas, LAPG e Universidade Federal de Goiás (UFG)

O cerrado com 2.045.000 km² de áreas compostas por Savana, floresta estacional e campo, o bioma apresentou, segundo o estudo, a perca de 815.532 hectares de área desmatada no ano passado, sendo o tamanho destruído, maior que o Distrito Federal.

No último mês da gestão de Jair Bolsonaro, houve um avanço de desmatamento ainda maior, registrando um crescimento de 89% em relação ao mesmo mês de 2021. No total, foram 83.998 hectares devastados em dezembro de 2022, contra 44.486 hectares no mesmo mês do ano anterior.

Os dados mostram que cerca de 80% da área desmatada foi identificada em propriedades privadas, seguida de vazio fundiário (13,5%), assentamentos (4,5%) e áreas protegidas (3,6%).

Cerrado

O Cerrado é considerado o segundo maior bioma da América do Sul e é conhecido também como savana brasileira. É também o segundo maior bioma do Brasil, compreendendo cerca de 22% do território brasileiro. Caracteriza-se por ser uma região de savana, estendendo-se por cerca de 200 milhões de quilômetros quadrados.

Possui uma formação vegetais com maior biodiversidade e grande potencial aquífero, no entanto, é considerado atualmente o segundo bioma do Brasil mais ameaçado.

O bioma está localizado no nordeste do Paraguai, leste da Bolívia e em grande parte do Brasil Central, constituindo cerca de 22% do território brasileiro. No Brasil, a sua área compreende os estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Minas Gerais, Bahia, Maranhão, Piauí, Rondônia, Paraná, São Paulo e Distrito Federal e alguns encraves (terreno ou território dentro do outro) no Amapá, Amazonas e Roraima. Estima-se que a área abrangida pelo Cerrado no Brasil, segundo o IBGE, alcance 2.036.448 km2 de extensão.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Formulário de contato