QUEM SOMOS

“FranciscoCosta.jor.br” é uma agência de jornalismo em defesa de todas as formas de vida, biomas, meio ambiente, natureza, clima, biodiversidade, ecologia, desenvolvimento sustentável. Produzimos jornalismo popular e ambiental de soluções. Nos preocupamos também com temas como política, direitos humanos, liberdade de imprensa e expressão, democracia, transparência, justiça global, desenvolvimento social e econômico.

Foi criado pelo jornalista, Francisco Costa, profissional de comunicação desde 1996.

Publicamos textos, fotos, vídeo reportagem, vídeo jornalismo, contamos histórias humanas.

MISSÃO
Fortalecimento da democratização da informação, liberdade de expressão, promoção e valorização dos direitos humanos.
 
LEMA
Assegura voz para todas as populações a partir da produção e publicação de fotos, textos, audiovisual, vídeos, gráficos, infográficos e checagem de dados.

Defender e combater todos os tipos de violências. Valorizar a igualdade, equidade, ética, educação e a informação.

Nossas reportagens abordam temas dentro do contexto dos 17 objetivos da Organização das Nações Unidas – ONU – para transformar o mundo e gerar desenvolvimento sustentável:




VALORES
Responsabilidade, seriedade, credibilidade, análise, transparência, opinião, qualidade, ética.

OBJETIVO
Fazer jornalismo com independência editorial difundindo a consciência crítica de forma plural e apartidária, contribuindo para formação da cidadania e promoção dos direitos coletivos.

COMPROMISSOS
Difusão do conhecimento, desenvolvimento sustentável, social, ambiental e econômico. Fomentar a cidadania, preservar identidades culturais, históricas, civis.

Compromisso com a diversidade e a liberdade de expressão, valorização da democracia e dos direitos sociais.

RESPONSABILIDADE SOCIAL
São itens essenciais para desenvolvimento social com o trabalho do jornalismo:
A liberdade de expressão e o pluralismo de ideias;
Relatar as notícias de maneira fiel e com exatidão;
Servir como fórum de intercâmbio de comentários e opiniões;
Retratar imagens sociais com exatidão;
Distribuir o maior número possível de informações com seriedade;
Proporcionar valores sociais e educativos;
Estabelecer princípios editorais éticos e responsáveis.


PRINCÍPIOS EDITORIAIS

São critérios para padronização dos conceitos editoriais: isenção, correção, agilidade, verdade, respeito e o exercício pleno do jornalismo.

INÍCIO
Após passar por inúmeras experiências de comunicação no rádio, TV, jornais impressos e online, agências de notícias nacionais e internacionais, o jornalista Francisco Costa, percebeu que muitos temas sociais não entravam na pauta dos veículos de comunicação tradicionais por motivos comerciais, políticos e outros.

Fundou em janeiro de 2015 o FalaRN.com – uma agência de notícias independente focada no jornalismo investigativo e dados – na cidade de São Gonçalo do Amarante, região metropolitana de Natal, Rio Grande do Norte, Nordeste do Brasil.

Em 2016, a organização internacional de defesa da liberdade de expressão, Repórteres Sem Fronteira (RSF), revelou que a equipe do FalaRN (Projeto inicial do FalaTV) era alvo de ao menos onze ações judiciais após uma série de reportagens sobre suspeitas de casos de corrupção envolvendo políticos da cidade, como desvios de fundos públicos, nepotismo, estelionato eleitoral.

Os fundadores do Fala receberam apoio de organismos internacionais que atuam na proteção de jornalistas como Artigo19, Iniciativa de Defesa Legal da Mídia (MDLI) e a própria RSF.

Em 2017, o FalaRN migrou para FalaTV, com a ideia de produzir reportagens com maior impacto social utilizando recursos e ferramentas de audiovisual, vídeos e multimídia. Mas por falta de apoio financeiro ficou mais de dois anos sem produção.

Já em janeiro de 2020, toda produção foi retomada aprofundando a cobertura com reportagens locais, nacionais e internacionais.

No mesmo ano durante a alta da pandemia do novo vírus Covid-19, recebeu apoio do Fundo de Auxílio Emergencial ao Jornalismo do Google para produzir conteúdo durante três meses. Depois veio o apoio do Rory Peck Trust que colabora com iniciativas de jornalismo independente e freelance.

O FalaTV.org foi descontinuado em razão dos efeitos da pandemia da Covid-19 no ano de 2021. A falta de apoio e condições financeira pôs um fim ao projeto de comunicação.

E foi criado o portal “FranciscoCosta.jor.br” com proposta de abordagem plural e ambiental.

INDEPENDÊNCIA
Para garantir a liberdade de imprensa, independência editorial o blog “FranciscoCosta.jor.br” não recebe recursos financeiros de pessoas físicas e jurídicas denunciadas por crimes, irregularidades.

Também não aceita recursos ou doações de envolvidos em crimes ou com todos os tipos de violência ou violação dos direitos humanos por uma questão de responsabilidade social e coerência.

Somos um veículo de comunicação sem fins lucrativos, trabalhando com independência.

REDE
Agência de notícias “FranciscoCosta.jor.br” é aberto para o jornalismo colaborativo em todo Brasil e mundo.

Dialogamos com veículos de comunicação, jornalistas, comunicadores, população em geral interessados em ampliar debates sociais, fazer denúncias ou realizar publicações como artigos de opinião, colunas e reportagens.

Desde que esses conteúdos sejam avaliados de maneira criteriosa antes da publicação por nossas equipes, de forma que não viole direitos e garantias sociais.

CONTEÚDO
As equipes da agência de notícias, “FranciscoCosta.jo,br” trabalham diariamente para produzir conteúdo a partir de vídeos, textos, fotos, gráficos, infográficos, vídeos sobre temáticas que afligem as populações tradicionais, negros, índios, imigrantes, jovens, crianças, adultos, refugiados, público LGBTQI+ e demais assuntos que impactam à vida.

As reportagens são reproduzidas em redes e mídias sociais e principalmente no site de maneira gratuita para todos os públicos em várias plataformas digitais.

ALCANCE
O trabalho do portal “FranciscoCosta.jor.br” vem obtendo audiência em vários continentes do mundo e diferentes regiões do Brasil.

Nossos leitores estão espalhados por vários estados e cidades da Argentina, Portugal, Estados Unidos, Nova Zelândia, Reino Unido, Bélgica, Itália, Espanha, França, Suíça, África (Moçambique, Cabo Verde), Índia, Japão, Filipinas. Dados obtidos pelo Google Analytics.

Nossos vídeos no Youtube evoluem para mais de 200 mil visualizações e o público tem sido crescente com interações a cada dia a partir de celulares, smartphones, computadores, tablets.

QUEM FAZ

O portal é editado por Francisco Costa (e equipe) que é empreendedor, jornalista, vídeo jornalista, videorrepórter, videomaker, jornalista visual, apresentador de TV desde 1996.

Francisco Costa é descendente da tribo indígena Nawa, localizado na região Noroeste do Acre, Norte da Amazônia brasileira. Nasceu numa família com tradição no extrativismo, formada por trabalhadores rurais, seringueiros, agricultores. Atuou com agências de notícias nacionais (UOL, Terra, Folha de São Paulo), internacionais (BBC, EFE, AP, AFP, Reuters). Foi repórter das TVs Globo, Rede TV, Canal Futura, TV Cultura, TV Bandeirantes.

Fez marketing político em campanhas eleitorais majoritárias e proporcionais.
Atua como consultor, analista e assessor de imprensa e comunicação para organizações públicas e privadas.
Desenvolve projetos de comunicação no Acre, Rondônia e Rio Grande do Norte.


APOIO:


















CONTATO:
Colabore com a produção de publicações em nosso veículo de comunicação.

Você pode enviar fotos, vídeos, textos e as informações que julgar necessária para nossa equipe apurar e publicar. É um forma de o público ajudar na produção de notícias.

Para contato com nossas equipes na redação, escreva para nosso endereço eletrônico: [email protected]

Agradecemos seu apoio!

Postar um comentário

Formulário de contato